Cartões de crédito: Cortando o mal pela raiz

segunda-feira, junho 27, 2016 0 Comments

Por Marcia Dessen - Folha de SP
O crédito rotativo dos cartões pode estar com os dias contados. A solução para os problemas dos milhares, talvez milhões, de usuários que usam esse crédito de forma equivocada não virá por iniciativa dos usuários, mas pelas mãos dos grandes bancos que oferecem essa modalidade. Tudo indica que eles concluíram que "o crime não compensa".

Muito além das perdas financeiras provocadas pela inadimplência dos que não pagam suas dívidas, o mal maior provocado pelo produto é o dano na imagem do banco, visto como vilão e responsável por todos os males. 



José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.