Fim da lâmpada incandescente: a comercialização será proibida no Brasil

A partir do dia 30 de junho as lâmpadas incandescentes não serão mais comercializadas no Brasil


Lâmpadas não serão mais comercializadas
Lâmpadas não serão mais comercializadas
Os estabelecimentos, importadores e fabricantes quem não atenderem à legislação poderão ser multados. Com esta determinação, os consumidores terão que buscar outras possibilidades de iluminação residencial. As duas opções que abrangem maior economia e maior vida útil são as lâmpadas fluorescentes e de Led.
A restrição foi estabelecida em uma portaria interministerial de 2010, que tem como objetivo minimizar o desperdício no consumo de energia elétrica. Dentro desse contexto, começam a despontar algumas opções de iluminação residencial mais econômicas. Um exemplo é a lâmpada fluorescente compacta, que chega a economizar 75% de energia, em comparação a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente.