Aqui você tem vez e voz!

sexta-feira, setembro 23, 2016 0 Comments

Mural do Povo

(Mas será???)

“Rápida e rasteira, como quem pede votos e depois desaparece na poeira do esquecimento eleitoral. Segundo informações, desde a semana passada, os carros da Seminfra estão sem combustível. E dizem as más línguas que o combustível dos carros está sendo retirado e colocado nas máquinas que fazem limpeza nas ruas onde acontecem as caminhadas do prefeito e seus fiéis escudeiros. Verdade ou mentira? Eis a questão. Seja como for, faz parte das crônicas da cidade esquecida’. (Carlos Cruz)

(Merenda de Qualidade na Propaganda, na realidade é outra)
whatsapp-image-2016-09-21-at-11-09-44
“Parabéns aos governantes e ao ministério público… Essa é a merenda servida na escola José Operário e Mário Fernandes Imbiriba”.

(Novela Cosanpa)
A matéria “População reclama da falta de abastecimento de água”, suscitou o seguinte comentário do leitor Marcos José: “- Difícil entender, no caso do bairro em que danificou o motor!! Diante da quantidade de consumidores, seria justo e prudente ter um motor revisado, de reserva. Mas onde estão os vereadores, prefeito, etc., que ganham muito bem pra administrar e gerenciar a cidade. Bom, imagino que nessas horas, estão atrás de votos para garantir a teta”.

Discriminação! (por Carlos Cruz)
Por essas e outras é que se diz que a pior discriminação é a social. Esta semana, como que por encanto, fomos procurados em nossa tenda de trabalhos por várias pessoas portadoras de deficiência física que denunciaram; as casas de espetáculos de Santarém, em sua maioria não possuem banheiros adaptados para que possam ser usados por quem tem limitações físicas. Vai ver que estes empresários da noite e do prazer. Como é o caso e donos de motéis; acham que deficientes físicos não são freqüentadores do lazer noturno nem de bares ou casas de shows, conseqüentemente estão fora do círculo de consumidores. Uma vergonha, pois entre estes que tem limitações físicas existem pessoas “gente finíssima” que possuem curso superior e acima de tudo, caráter muito acima dos chamados “normais”. Infelizmente esse é mais um detalhe sórdido urbano, digno de ser registrado nas crônicas da cidade esquecida. Nem na Câmara municipal não existe banheiro adaptado para deficientes físicos. Uma amiga, em visita a Casa de Leis, teve que usar o referido banheiro e quase subiu pelas paredes, fazendo malabarismo á cata de fazer um simples “pipi”. Uma lástima.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.