MINHA PÉROLA: QUEM TE VIU QUEM TE VÊ!

segunda-feira, setembro 26, 2016 0 Comments

Diante dos inúmeros crimes que a cada dia crescem mais em Santarém, com uma insegurança total para todos, me veem à memória as décadas de 80 e 90 nas quais Santarém era tida como uma cidade pacata, muito boa para morar e trabalhar, ainda com ares provincianos, tanto que as calçadas serviam de reuniões de famílias para o bate-papo à noite, sem qualquer receio. Hoje, já bem crescida e desordenada em termos de infraestrutura e segurança, já não se vai à calçada conversar, sob o risco de ser assaltado; não se anda à noite a pé ou de bicicleta; não se estar seguro em nenhum lugar. São roubos e mais roubos, homicídios e mais homicídios, assaltos a mão armada, tráfico de drogas incontrolável, visto que não há um dia na semana em que não se registrem mais de um fato criminoso. Quanta saudade eu tenho dos velhos tempos, quando o trânsito era bem monótono, quando as pessoas se conheciam e quando não havia os assaltos de hoje, além das drogas que correm soltas. Com este saudosismo eu digo: velhos tempos que não voltam mais!

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.