Pioneira no Brasil, rádio do Hospital Regional de Santarém completa cinco anos

segunda-feira, setembro 19, 2016 0 Comments

Locutora Nataly Santiago, da Rádio 94 FM, participou da homenagem à rádio do HRBA


nataly-santiago-da-94-fm-participou-da-festa-em-homenagem-a-radio-do-hrba
Nataly Santiago, da 94 FM, participou da festa em homenagem à rádio do HRBA
Com uma proposta inovadora, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), implantou a primeira rádio hospitalar do Brasil, em 15 de setembro de 2011. De lá para cá, esse projeto de humanização já contribuiu para a recuperação de milhares de pessoas que passaram pela unidade, levando informação e música aos usuários, acompanhantes e colaboradores.
Na quinta-feira, 15/9, foi realizada uma programação especial com duração de dez horas para comemorar o aniversário de cinco anos da Rádio HRBA. Locutores das emissoras comerciais da cidade participaram da festa, levando muita música e descontração para os ouvintes. Também teve apresentação musical ao vivo no estúdio da rádio, além de sorteio de brindes.
Elizângela Pereira, de 32 anos, há três meses luta contra um câncer na medula. Ela e o marido saíram de Itaituba, também no Oeste do Pará, para realizar o tratamento no Hospital Regional de Santarém. Ao chegar ao hospital, notaram que a unidade era diferente e especial. Além de agradecer ao atendimento prestado pela equipe assistencial, Elizângela fala sobre a importância da rádio para o seu tratamento. “É muito gostoso. A gente passa o dia no quarto e quando ouve a rádio se sente mais aliviado. Eu lembro da família, ainda mais porque deixei três filhos em casa. Dá mais força, mais ânimo, e ajuda, é uma terapia”, conta.
O ambiente hospitalar ficou muito mais receptivo e agradável depois que quase todos os setores e corredores foram preenchidos com o som da rádio. “É algo inovador, não existe em nenhum outro lugar do país e já foi objeto de reconhecimento por várias entidades. O objetivo é tornar o hospital cada dia mais acolhedor para que nossos pacientes sintam-se bem e que isso contribua para a recuperação deles”, explica o diretor Geral da unidade, Hebert Moreschi.
Mas lugar de usuário não é só ouvindo a programação. Antônio Nicolau Paulino, de 59 anos, realiza sessões de hemodiálise no HRBA há seis meses. Entre tantas estrelas do rádio santareno que se apresentaram, ele foi o escolhido para representar os pacientes da unidade.
Durante uma hora, “Bilau”, como é chamado, comandou o estúdio. “A Rádio caiu muito bem e a prova está aqui, completando cinco anos. Eu estou feliz representando minha cidade, que é Oriximiná, onde trabalhei em algumas rádios. O pessoal daqui do hospital ficou sabendo e eu fui convidado para participar deste dia festivo”, conta. Nicolau é prova da transformação que a música pode promover. “Muitas vezes a pessoa está com baixo astral e, quanto toca uma música, ela melhora e aceita o tratamento. Especialmente as pessoas que vêm de fora, que precisam se mudar para cá, são muito afetadas, e a música ajuda a recordar muitas coisas, faz entrar naquele sonho e isso faz com que o paciente se recupere muito melhor”.
A rádio também serve como terapia para a paciente E.S., de 8 anos, que realiza tratamento de longa permanência na unidade e desenvolve diversas atividades promovidas pela Terapia Ocupacional. Toda sexta-feira, por exemplo, ela visita a Rádio HRBA e manda um alô para a equipe do hospital, além de colegas e familiares.
Programação
A locutora Adryana Raquel, da Princesa FM, iniciou a programação de aniversário. “São cinco anos que essa rádio traz alegria para quem precisa de uma palavra carinhosa, uma palavra amiga. Foi uma alegria poder contribuir nem que seja um pouquinho”, diz a locutora.
Nelson Mota, da 94 FM, fez duas horas de programa. Ele levou ao ar reflexões e mensagens positivas. “É com muita satisfação que nós queremos parabenizar a todos do hospital pelos cinco anos de relevantes serviços prestados por meio da Rádio HRBA”, parabenizou.
O cardiologista e cantor João Otaviano de Matos se apresentou por uma hora no estúdio da rádio, cantando músicas regionais. “É uma honra estar aqui participando desta festa. É uma iniciativa muito poderosa, principalmente para os pacientes e acompanhantes”, exalta o médico da unidade.
Durante a tarde, mais quatro locutores participaram da festa: Nataly Santiago (94 FM), Maricota (Princesa FM), Geisa Oliveira (Guarany FM) e Acivan Monteiro (Guarany FM). “A Rádio HRBA traz informação, descontração e mensagem positiva, aproximando-se de todos. Aqui não são apenas profissionais que se dedicam, mas sim que fazem parte da vida de cada paciente, e a rádio representa isso”, elogia Acivan Monteiro.
Hospital
Gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o HRBA é uma unidade pública e gratuita pertencente ao Governo do Estado. O hospital é referência para mais de 1,1 milhão de pessoas residentes em 20 municípios do Oeste do Pará.
Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.