MPF atende demanda de caminhoneiros sobre aferição de tacógrafos

O principal encaminhamento da reunião realizada na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Santarém, na manhã desta quarta-feira (25), foi que o órgão elaborará um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), que deverá estabelecer um prazo para que os profissionais do volante tenham condição de realizar o serviço de aferição dos tacógrafos no município de Santarém.
De acordo Antonio Carlos, umas da  lideranças dos caminhoneiros, o TAC terá como determinação a suspensão temporária das multas em relação a falta de aferição do tacógrafo, até que o serviço seja ofertado no município. “A partir de agora, nossa categoria trabalhará no sentido de buscar atender as determinações do MPF”, informou.

RG 15 / O Impacto