Fim da contribuição sindical será mantido, diz relator da reforma ( Amém!)

Caso a proposta que veio da Câmara seja aprovada sem modificações, Temer se comprometeu a fazer algumas alterações através de uma Medida Provisória


O relator da reforma trabalhista em duas comissões no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), disse que não vai pedir modificações sobre o fim da contribuição sindical obrigatória em seu parecer final, nem mesmo regras de transição, como defende o líder do PMDB na Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).
“O fim da contribuição do imposto está mantido como foi aprovada na Câmara. Continua sendo opção do trabalhador. Não vamos mexer nisso”, declarou. Ferraço disse que Renan pode tentar aprovar a mudança através da apresentação de emendas. “O grupo do Renan tem direito de tentar mudar nos votos. Mas no meu relatório não vai ter essa modificação”, reforçou