CARTEIRA DE TRABALHO

Chegou à minha mesa um questionamento contra o Ministério do Trabalho que estaria cobrando R$ 10,00 para agendamento. Esclareço ao leitor, que não é o Ministério do Trabalho que está cobrando. Quem cobra são pessoas que, devido os interessados não possuírem computador, montaram um escritório com o objetivo de atender essas pessoas para providenciar agendamento, já que as pessoas que vão atrás do agendamento, não possuem computador. Não vejo nada de ilegal, é uma prestação de serviço normal, vai procurar esses serviços quem quer, pois não são obrigados.