LÚPUS

sexta-feira, agosto 11, 2017 0 Comments


Vereadores e populares que foram na terça-feira, 08, à Câmara Municipal tiveram a oportunidade de participar de um debate relevante para a política de saúde de Santarém, na sessão de tribuna livre que tratou da doença autoimune lúpus, com o subtema “As dificuldades enfrentadas pelas pessoas com lúpus com a saúde pública em Santarém”. A sessão foi solicitada por meio de requerimento por Júnior Tapajós (PR), que presidiu a mesa e mediou a discussão. O parlamentar esclareceu que a iniciativa partiu da Associação das Pessoas com Lúpus do Oeste do Pará (APLOPA) diante dos problemas no atendimento dispensado no município. Um deles seria a disponibilização de somente um especialista na patologia pelo sistema público. “A reivindicação através dessa sessão é que tanto o Município quanto o Estado e a própria Federação através do SUS possam estar atendendo a pessoas com lúpus com pelo menos mais um médico, tanto para desafogar a única médica que faz esse atendimento como também diminuir o tempo de espera. Houve relatos de espera de dois anos; um absurdo. Somente havendo mais médicos que esse prazo pode ser diminuído”, disse Tapajós.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.