1ª Jornada da Sócio Educação destaca o recomeço da vida de adolescentes em Santarém

quarta-feira, outubro 18, 2017 0 Comments

Da Redação - Agência Santarém



"Recomeçar, como o nascer de um novo dia", esta foi umas das frases mais ditas no encerramento da 1ª Jornada da Sócio Educação de Santarém, realizado na terça-feira (18), na Casa da Cultura. 80 jovens que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto com familiares, puderam ouvir de todos que: possuem direito de recomeçar, de escrever uma nova história, de serem protagonistas de um futuro melhor. O evento foi realizado pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semtras) em parceria com a rede de proteção da criança e do adolescente.
Para reforçar essa mensagem, o evento teve como mestre de cerimônia o sócioeducando Vinícius da Silva de Sousa, 17 anos. Além disso, o jovem Roger Almeida de Aguiar, de 16 anos, egresso socioeducando do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) relatou ao público presente como foi conquistar uma nova oportunidade, com a parceria da Prefeitura de Santarém e do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Atualmente, o rapaz trabalha em uma instituição bancária. Em depoimento no evento, o jovem emocionou a todos ao dizer que segue se esforçando para aprender mais.
A 1ª Jornada teve como tema "Oportunidade Sem Medidas". Os adolescentes participaram de oficinas de teatro e confecção de blocos e agendas, além dos encontros restaurativos em que a família também pôde participar.
Para a coordenadora do Creas, Raenilce Paes Lisboa, é preciso quebrar paradigmas e oferecer a oportunidade de um recomeço a esses adolescentes que por alguma razão cometeram erros. "Como nasce um dia, nasce a esperança de um novo recomeço que pode ser oferecido para eles por meio de muita parceria integrando toda a rede de proteção, por meio da 5ª Vara da Infância e Juventude, Ministério Público do Trabalho (MPT), Pastoral do Menor, Ufopa, Universidade Unama e CIEE".
A juíza da Vara da Infância, Josineide Medeiros comemorou o sucesso do evento e avaliou os avanços dos últimos seis anos. "Após a municipalização das medidas, em meio aberto, em julho de 2013 a responsabilidade passou a ser do município por meio do Creas Municipal. Hoje chegamos a atender a 124 socieducandos. Isso representa grandes avanços e eficácia nas oportunidades dadas aos adolescentes. Que esse Sol da Liberdade em Raios Fugidos brilhe em nossa Pátria, para que possamos apoiar e acompanhar mais jovens".
A secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, agradeceu o apoio de todos os parceiros e conclamou o apoio da sociedade e das famílias. "Todos temos Direito a uma segunda chance, hoje temos quatro jovens inseridos no mercado de trabalho. Para que possamos ampliar esse número necessitamos de mais apoio principalmente das empresas e instituições. É fundamental proporcionar novas oportunidades a esses jovens".
 Saiba mais informações da Semtras:
 Campanha esclarece sobre violações de direitos de crianças e adolescentes

As Medidas sócioeducativas de Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade são sanções aplicadas ao adolescente que praticou ato infracional, conforme previsto no artigo 112, do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA.
Em Santarém, 124 adolescentes cumprem medidas no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) municipal.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.