O que restou do Çaire

terça-feira, outubro 03, 2017 0 Comments

Terminado mais um Çairé, desta vez sob a administração do Prefeito Nélio, tivemos algumas constatações positivas e negativas. A organização da festa, a segurança na área do espetáculo ou em outras partes da Vila, inclusive nas praias e no trânsito foram perfeitas, graças às autoridades administrativas do Município e às polícias. Se o público não foi o esperado, vários fatores contribuíram para isso: má qualidade da receptividade dos comerciantes, com preços absurdos, crise econômica/financeira, falha na divulgação e, o pior, porque não tivemos atração nacional, mas regional, muitos não prestigiaram. Mas é bom saber que o festival é folclórico e não um Rock in Rio. Tudo bem perfeito, menos o público.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.