Prefeitura de Santarém realiza chamada pública para agricultura familiar

terça-feira, outubro 17, 2017 0 Comments

Da Redação - Agência Santarém



Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) o Dia Mundial da Alimentação (16 de Outubro), marca em Santarém a abertura da Chamada Pública lançada pela Prefeitura de Santarém para aquisição de produtos da agricultura familiar para as unidades escolares do município. A Chamada Pública ocorre no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed).
De acordo com Vanda Maia, da Divisão de Atendimento ao Educando (DAE) da Semed, esta segunda-feira (16) será dedicada à análise de documentação e habilitação das cooperativas de agricultores. Em seguida é apresentado o projeto de venda de cada cooperativa. "Até às 17h vamos esperar duas amostras de cada item que a cooperativa pretende vender, e nesta terça-feira (17) até às 9h, vamos receber as amostras dos perecíveis. Vencida essa fase, nós vamos passar para a análise e elaboração de laudos. Os produtos de boa qualidade, que estiverem dentro daquilo que o setor de nutrição avalia como de boa qualidade, terão o laudo que possibilita a aquisição. Assim, inicia-se a nova etapa da chamada que é apresentação dos produtos e laudos", explicou Vanda Maia.
Para a chamada pública 2017-2018, a Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Educação tem disponíveis R$ 2.905.000,00 para compra de produtos da agricultura familiar. Os alimentos serão destinados à merenda escolar dos meses de novembro e dezembro de 2017, e mais oito meses de 2018.
A expectativa das cooperativas que participam da Chamada Pública é vender uma quantidade maior de produtos para a merenda escolar em relação aos contratos de 2016.
"Essa chamada pública para nós significa valorizar os nossos produtores, esse é o nosso maior foco. A gente deixa de vender para o atravessador e vende direto, através da cooperativa para a Prefeitura de Santarém, conseguindo um valor melhor. A gente vem trabalhando junto com a Semed já há quatro anos, e a gente espera que melhore cada vez mais, aumentando a quantidade de produtos em termos de peso e de volume do que é vendido. Se a gente está vendendo hoje 10 produtos, que a gente passe a vender 20, 30", declarou o presidente da Cooperativa de Produtores da Agricultura Familiar de Santarém (Coopafs), Floriano Franco.
Alimentação saudávelPara inserir cada vez mais produtos da agricultura familiar na merenda escolar, como fora de ofertar uma alimentação mais saudável para as crianças, o setor de nutrição da Semed tem elaborado cardápios adaptados à realidade regional.
"Nós estamos desenvolvendo um trabalho que ocorre em nível nacional por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar, porque a gente sabe que as crianças passam boa parte do tempo dentro da escola. Nós trabalhamos para desenvolver a educação saudável, porque ela contribui para o desenvolvimento intelectual da criança. Uma criança bem alimentada tem um desenvolvimento muito melhor que uma criança que tem déficit nutricional", destacou a nutricionista Simone Cardoso.
A ideia é incentivar as crianças a consumir alimentos mais saudáveis não só na escola. Mas que essa prática que se torne um hábito no seu dia a dia.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.