UM PAÍS SEM RESPEITO À LEI

terça-feira, outubro 03, 2017 0 Comments

O Brasil está despontando no cenário mundial como um dos países mais violentos sem estar em guerra. Numa média ocorre uma morte a cada oito minutos. São crimes que, na maioria das vezes, ficam esquecidos – casos de homicídios, latrocínios, feminicídios, mortes por intervenção policial e suicídios espalhados por todo o território. Há inúmeros exemplos de como uma vida pode custar apenas R$ 20; de como uma discussão de casal pode terminar em tragédia; de como uma execução pode parecer algo banal, etc.Num projeto denominado “Monitor da Violência”, 230 jornalistas do G1 espalhados pelo país apuraram e escreveram as histórias dos 1.195 mortos em 546 cidades – quase 10% do total de municípios brasileiros. São todos os casos de morte de que se têm notícias registrados no período de 21 a 27 de agosto. Trata-se de uma pequena amostra – se comparada à marca de quase 60 mil homicídios anuais –, mas que perfaz um retrato da violência no Brasil. Ou as autoridades mudam as leis penais para as tornarem mais severas, implementando medidas sociais necessárias, ou o País vai se transformar numa Síria sem guerra declarada.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.