VALDIR MATIAS JR. - Administradores exigem reabertura de escritório da CRA em Santarém

quarta-feira, novembro 22, 2017 0 Comments

Há exato um ano, o escritório do Conselho Regional de Administração (CRA) em Santarém foi fechado. E o fechamento da sede do CRA no município provocou imediata revolta nos administradores de empresa da região. As promessas vindas de Belém de que o escritório voltaria a funcionar, não se concretizaram e isso aumentou ainda mais a indignação da classe em Santarém e demais municípios do oeste paraense, já que a categoria ficou sem representatividade na região.
Durante a sessão de segunda-feira (20), ao fazer uso do seu tempo de liderança, o vereador Valdir Matias Jr. (PV) levou ao conhecimento do plenário da Casa, a situação dos administradores do município, que estão buscando apoio para terem de volta o escritório regional do CRA.
De acordo com o líder do PV, por causa do fechamento da unidade regional do CRA, os profissionais decidiram criar uma associação para lutar pelo fortalecimento da categoria e, ao mesmo tempo, reivindicar a volta da sede da instituição estadual no município para que os administradores possam exercer sua atividade dentro da legalidade. Para atuarem no ramo é necessário que o administrador tenha seu registro profissional emitido pelo Conselho Regional de Administração. Sem o documento, o exercício da atividade torna-se ilegal.
O líder do PV pediu a compreensão dos seus pares e solicitou também apoio da Câmara de Vereadores para engrossar o coro pela reabertura do escritório regional do CRA, já que os dirigentes do órgão em Belém ignoram a importância dos profissionais de Santarém e região oeste do Pará. “Temos que lutar pela volta do escritório para Santarém que é um polo importante e agrega profissionais de diversos municípios da região. Precisamos unir forças e cobrar a reabertura do CRA para garantir também que os direitos dessas pessoas sejam respeitados”, disse o vereador, ressaltando a importância da categoria para o desenvolvimento e fortalecimento da gestão pública, visto que muitos desses profissionais atuam diretamente na administração municipal e em órgãos públicos em várias cidades.
A presidente da Associação dos Administradores do Oeste do Pará, Maria José Buchalle, esteve na sessão, acompanhada dos membros da entidade, Júlio César, Wladmiri Melo e Jander Amaral. Ela parabenizou o vereador Valdir Matias Jr. pela iniciativa em exigir a volta do escritório regional do CRA. Segundo ela, a sede foi fechada em novembro de 2016 e desde então, os administradores de empresa de Santarém lutam por sua reabertura. “O fechamento ocorreu de forma arbitrária, sem justificativa plausível e acabou prejudicando muitos profissionais formados e outros que se formam todos os anos aqui em Santarém e nos municípios da região. Na época, disseram que era por falta de representatividade. Mas o que significa representatividade para o CRA? Só aqui no nosso município temos dezenas de pessoas formadas nesta área! Além disso, todos os associados pagam suas anuidades em dia e deveriam ter o reconhecimento e respeito da direção do conselho!”, disse.
Em Santarém, todos os anos, são formados em média 120 novos administradores de empresa nos cursos presenciais e à distância.
Outro questionamento feito pelo vereador Valdir Matias Jr. foi a falta de investimentos do CRA para os seus associados em Santarém. No ano passado, o CRA arrecadou R$ 3.397.037,37, segundo consta no Relatório de Gestão do Exercício de 2016, produzido pelo CRA/PA e supervisionado pelo Conselho Federal de Administração.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.