Janela eleitoral muda quadro partidário na Câmara de Santarém

segunda-feira, março 21, 2016 0 Comments

 Nesta segunda-feira, 21/03, diversos vereadores de Santarém subiram a Tribuna da Câmara para anunciar oficialmente a decisão deles em mudar de sigla partidária. 

Maurício Corrêa/Silvio Neto – Os vereadores deixaram o Partido Social Democrático (PSD) para se filiaram ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Para Maurício, o motivo da mudança foi não acreditar que projetos políticos estejam ligados ao âmbito familiar, mas de forma coletiva, referindo-se ao PSD.
Silvio Neto agradeceu sua volta ao PTB, ao presidente do diretório regional, deputado federal Josué Bengston e ao presidente do diretório municipal, Darlan Maia.
Neto lembrou ter iniciado vida política dele no PTB, ficando como suplente nas eleições de 2008 e hoje está de volta à casa, agora pelo PTB, “para engrandecer e fortalecer ainda mais o partido”. Depois de 16 anos o PTB volta a ter representação na Câmara Municipal de Santarém.

Nicolau do Povo e Luiz Alberto – Os dois vereadores deixaram o Partido Progressista (PP) e agora estão no Partido Social Democrata Cristão (PSDC). Segundo Nicolau, o PSDC em Santarém tinha dificuldades e seu ingresso ao partido, juntamente com o vereador Luiz Alberto, visa engrandecer a legenda.
Nicolau citou a convenção do partido realizada no último sábado, de acordo com ele, com a presença de dezenas de pessoas, todas filiadas ao PSDC. Disse ser importante ingressar em um partido que ele entende estar em constante renovação. Acredita que o fato de o partido passar a ter dois vereadores na Câmara Municipal de Santarém, a sua tendência é crescer. “Estou trabalhando e vou trabalhar muito mais, para que o partido seja forte em nível de município, de Estado do Pará e de Brasil”.

Silvio Amorim no PTC – O vereador Silvio Amorim disse que divergências de projetos no PRTB o levaram a filiar-se no Partido Trabalhista Cristão (PTC). Amorim aproveitou o espaço da tribuna para agradecer ao PRTB que, segundo ele, o acolheu e no momento certo lhe deu apoio para conquistar a sua primeira eleição para vereador.
Disse que construiu amigos e deixou amigos e espera que as portas continuem abertas. “Eu faço amizade que sempre permanece, a política passa”, analisa. Ele enfatiza que o ingresso dele no PTC “é visando buscar melhores dias na política santarena e do Pará, e hoje a gente avaliou que o PTC é a melhor casa que a gente pode estar”. Disse em seguida esperar em Deus que todos os projetos sejam realizados em favor da coletividade santarena.

Junior Tapajós, do então PMDB se filiou no PR.

Os vereadores Emir Aguiar , Reginaldo Campos e Marcílio Cunha já pediram a desfiliação dos respectivos partidos e em breve vão anunciar em que sigla partidária pretendem ingressar.

Já os vereadores Nei Santana, Gerlande Castro e Chiquinho da Umes do PSDB; Ana Elvira Alho e Ivete Bastos (PT); Dayan Serique (PPS); Rogélio Cebuliski (PSB); Erasmo Maia e Henderson Pinto (DEM); Marcela Tolentino (SDD); Ronan Liberal Júnior (PMDB); e Geovani Aguiar (PSC) deverão permanecer em suas legendas, embora a janela eleitoral permaneça.


José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.