CONCURSO DA CÂMARA

A Mesa Diretora da Câmara de Santarém enviou expediente à empresa Inaz do Pará, organizadora do concurso público, pedindo informações sobre possíveis falhas que teriam ocorrido durante a aplicação das provas, no último domingo. No ofício, a Mesa Diretora pede, também, o relatório completo sobre o processo de aplicação das provas que levou mais de 24 mil candidatos a 38 escolas de Santarém, onde se submeteram às provas nos níveis fundamental e superior, pela parte da manhã e níveis médio e técnico, no período da tarde.