Em passeata, estudantes fazem manifesto contra aumento da tarifa das sucatas que atendem o transporte coletivo.

quinta-feira, junho 02, 2016 0 Comments

Eles querem que o prefeito vete a proposta de aumento da passagem de ônibus encaminhada pelo Conselho Municipal de Transporte.


estudantes
Protesto encerrou em frente a sede do Setrans.
Dezenas de alunos se reuniram nas últimas horas da tarde de quarta-feira, 1º de junho, para fazer manifesto contra a possibilidade do aumento da tarifa do transporte coletivo urbano em Santarém, oeste do Pará.
Os estudantes realizaram caminhada, que percorreu algumas das principais vias do centro da cidade. No cruzamento da Avenida Rui Barbosa com a Travessa 15 de novembro, os manifestantes bloquearam por alguns minutos a circulação de veículos, o que acabou gerando um congestionamento.
Para os manifestantes, o prefeito tem que vetar a proposta de reajuste da passagem de ônibus, encaminhada pelo Conselho Municipal de Transporte (CMT). Prosseguindo na caminhada, os alunos foram até a sede do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Santarém (Setrans), local onde encerram a passeata.
A Polêmica do Reajuste
No mês de maio, o CMT votou e aprovou a nova tarifa, de R$ 2,70. O novo valor foi uma contraproposta a tarifa solicitada pelas empresas – R$ 3,33. Porém, para vigorar,  a proposta deve ser aprovada pelo prefeito. Por enquanto, a tarifa permanece R$ 2,25 inteira e R$ 0,75 para estudantes.
Por Edmundo Baía Júnior

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.