Lira Maia: “Acusações contra minha pessoa não me assustam”

sexta-feira, junho 17, 2016 0 Comments

Lira Maia descarta candidatura e diz que Santarém elegerá Prefeito no segundo turno



Lira Maia descarta candidatura e diz que Santarém elegerá Prefeito no segundo turno
Lira Maia descarta candidatura e diz que Santarém elegerá Prefeito no segundo turno
 “Nós estamos passando por um período de transição, falar em política hoje é uma questão bastante complicada, o ambiente está muito hostil”, assim declarou o ex-Prefeito e ex-deputado federal Joaquim de Lira Maia, com exclusividade ao jornal O Impacto. “Eu particularmente estou satisfeito e agradecido a Deus pelo fato de não estar em Brasília neste momento, que vive um clima bastante complicado”, destacou Lira Maia. “Aqui em Santarém encontro-me recuperando da saúde, cuidando das coisas pessoais e observando o cenário”, declarou.
Com um ar característico de um cacique político, Joaquim de Lira Maia, com quase trinta anos de vida pública, como ele faz questão em lembrar, afastou qualquer possibilidade em disputar eleição municipal este ano. De acordo com o ex-Prefeito e ex-Deputado Federal “esta eleição será diferente, porque será feita em dois turnos, pela primeira vez na história do Município”.
Lira Maia destacou que “nosso partido, DEM, tem candidato; nosso partido escolheu o Dr. Nélio Aguiar como candidato e como partidário eu tenho mais é que apoiar e votar. Eu não vou ser o dono da verdade, o comandante, nem tenho pretensão em ser”, esclareceu o ex-Deputado Federal. “Vou fazer minha parte e lógico, vou torcer para que possamos de fato ter o Dr. Nélio no comando do Município”, afirmou.
CANDIDATURA: Ao abordar a possibilidade em ser candidato, na sucessão do prefeito Alexandre Von, o ex-Prefeito foi enfático: “Com certeza absoluta, se Deus quiser não serei candidato”. Esse não é definitivo? “Com toda a certeza, eu particularmente defini há seis anos atrás que não seria candidato. Eu fui candidato a vice-Governador por uma questão estratégica e momentânea”, citou Lira Maia. “Mas, na realidade, meu projeto é de apoiar companheiros, colegas. Eu particularmente não serei candidato”, enfatizou o ex-Deputado Federal.
PROCESSOS: Joaquim de Lira Maia foi muito claro ao responder sobre os processos políticos administrativos que estaria sendo acusado: “Esse fato de estar ou não respondendo processo, isso não me assusta. Porque desde que eu entrei na política, mais especificamente desde 1998, quando eu era Prefeito, toda eleição que tem, requentam e divulgam essa notícia”. O ex-Prefeito citou: “Isso não me assusta, estamos em vésperas de eleições, de repente o pessoal acha que ainda sou candidato e continua falando isso. O que tenho feito muito é me defender, nós fomos Prefeito ousado, nós não dobramos a curva do franco desafio, enfrentamos de frente. Tínhamos uma oposição muito forte, desagradamos em algum momento; e tudo isso foi feito, foi transformado em denúncias, em processos, e eu tenho respondido com toda tranqüilidade. Eu não me arrependo de nada porque o que existe de mais gratificante para mim, na minha história política, é a população de Santarém e da região querer que eu volte. Isso é muito gratificante, com quase trinta anos de vida pública e ainda com prestígio popular”, destacou Lira Maia. “Vou aproveitar esse prestígio para dizer que o nosso partido, DEM, tem um candidato que se chama Nélio Aguiar”, citou Lira Maia.
EXPERIÊNCIA DE CANDIDATO: Ao ser perguntado sobre sua vivência como candidato a vice-Governador ao lado de Helder Barbalho, ele afirmou: “Eu já conheço o Pará praticamente todo, fui secretário de Estado, depois Deputado Federal, mas ser candidato a vice foi uma experiência interessante, até porque na nossa região nós demos conta do recado. Nós não ganhamos eleição, nós demos foi uma lavagem na região. Se dependesse da região Oeste do Pará nosso Governador seria Helder Barbalho”, enfatizou Lira Maia.
Por: Carlos Cruz

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.