Prefeito participa de intercâmbio sobre gestão na Alemanha

quinta-feira, fevereiro 09, 2017 0 Comments

A troca de experiências com prefeitos alemães se dará por meio de visitas às prefeituras, órgãos de governo estaduais e federais; encontros com políticos, dirigentes e especialistas alemães. Os prefeitos brasileiros irão conhecer: políticas públicas inovadoras em gestão ambiental nas cidades alemãs, principalmente no tratamento de água; o papel das cidades no sistema federativo alemão; modelos inovadores entre cidades e regiões metropolitanas alemãs; e exemplos concretos de desenvolvimento sustentável em nível municipal.
De acordo com o prefeito Nélio Aguiar, já existem parcerias entre os dois países em relação a vários projetos e a ideia é que sejam firmadas cooperações maiores sobre meio ambiente e saneamento básico. “Vamos nos embasar em parcerias já existentes, como o Projeto Saúde e Alegria. Temos uma cooperação em andamento relacionada ao aterro sanitário do Perema e à implantação da coleta seletiva de lixo. Também temos parceria em andamento na construção de microssistemas de abastecimento de água, principalmente na área de várzea, utilizando placas solares como alternativa energética em locais onde o programa Luz Para Todos ainda não chegou. Vamos buscar ampliar essas parcerias com o governo alemão e fundações que têm esse olhar voltado à questão ambiental”, explicou.
Berlim tem 3,4 milhões de habitantes e é onde fica a sede da KAS, que realiza o Programa de Visita e Informação para Prefeitos na Alemanha. A instituição, sem fins lucrativos, atua há 50 anos no Brasil buscando ser uma ponte com o país europeu, e tem a intenção de promover troca de experiências e aprendizagem mútua entre os dois países parceiros.
A iniciativa se dá por meio de parceria com a Oficina Municipal (OM), escola de cidadania e gestão pública com sede em São Paulo, que, desde 2002, capacita e forma lideranças políticas e gestores públicos municipais, já tendo capacitado aproximadamente 15 mil gestores.
A viagem é realizada uma vez por ano e são convidados gestores de cidades de médio porte que tenham relações fortes com as políticas ambientais. A cada ano é abordada uma temática diferente. Em 2016, foram convidadas mulheres candidatas nas eleições municipais. Em anos anteriores, o intercâmbio envolveu secretários de Meio Ambiente. “Na Alemanha, as cidades são muito menores que no Brasil. Santarém é um município chave nessa viagem por fazer parte da região amazônica. A região de São Paulo tem tido problema com água e a região do Nordeste tem historicamente dificuldades na gestão de água. Daí a razão da escolha”, explicou a representante adjunta da KAS no Brasil, Alexandra Steinmeyer.
Os outros dois prefeitos que acompanharão o gestor santareno são Pauline Pereira (Campo Alegre – AL) e Gilson Fantin (Registro – SP).

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/PMS/Blog do Colares

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.