Parceria possibilitará melhores condições de trabalho entre catadores de recicláveis do Aterro de Perema

“Solenidade simbólica marca a entrega de trator que vai ajudar nos serviços desenvolvidos por cooperativas de reciclagem de Santarém”
Melhorar as condições de trabalho dos catadores que atuam no aterro do Perema e buscar um meio ambiente mais saudável são as finalidades da cooperação alemã que possibilitou a entrega de um trator em solenidade simbólica realizada na noite de segunda-feira (7). A iniciativa consolida parte das intervenções entre a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), com a parceria do Governo Alemão.
Dentre as autoridades que estiveram presentes: o prefeito Nélio Aguiar, o vice-prefeito José Maria Tapajós, o vereador Júnior Tapajós (PR) que representou a presidência da Câmara de Vereadores de Santarém, além da secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela; a secretária de Assistência Social, Celsa Brito; e o secretário de Infraestrutura, Daniel Simões.
“Em média fazemos uma coleta por mês de aproximadamente 2 mil toneladas de material reciclável. Sempre estivemos em busca desses benefícios. Há muito tempo estamos tentando melhorar nossas condições de trabalho, mas não conseguimos. A partir desse momento, essa união junto ao setor público só vem fortalecer ainda mais os esforços dos 20 catadores da nossa entidade”, destacou o presidente da Cooperativa Perema Recicla (COOPERE), Ronaldo Santos.
Em 2015, a Prefeitura de Santarém e o Governo da Alemanha firmaram a cooperação financeira, sendo que em 2017 ocorreu o repasse de € 300 Mil Euros, aproximadamente R$ 1 Milhão de Reais, por meio do Projeto 50 Parcerias Municipais para o Clima.
Os recursos são para a aplicação na gestão de resíduos sólidos de Santarém que contempla a aquisição de um trator e a construção de três galpões para atender os serviços de reciclagem de resíduos no Aterro de Perema.
“Já estamos com a construção de um dos galpões dos 3 que estão previstos para serem implantados. São ferramentas que vão dar nova destinação ao lixo produzido pela cidade. Assim como deve gerar renda aos catadores, precisamos contabilizar sem dúvida a questão ambiental, melhorando a qualidade de vida da população e fomentando a economia local”, afirmou Vânia Portela.
Nélio Aguiar destacou a necessidade de cada vez mais as instituições governamentais e não-governamentais firmarem parcerias: “Enfrentamos enormes demandas, mas é fundamental que juntos possamos congregar os esforços com as mais diversas esferas governamentais, a iniciativa privada e as próprias comunidades. Hoje, temos uma parceria internacional. Estivemos ano passando assinando o convênio e agora estamos concretizando o projeto em Perema de cuidados com os resíduos sólidos”.
O trator tem o investimento de R$ 157 Mil Reais. É do tipo L75 com 78 cavalos de potência, tração 4X4, carreta de reboque basculante, contendo também um conjunto de plaina dianteira com lâmina e ponte. O maquinário será cedido à Secretaria Municipal de Infraestrutura, responsável pela administração do Aterro do Perema.
Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/PMS