VEREADOR DAYAN registra morte de ex líder estudantil santareno.

quarta-feira, fevereiro 24, 2016 0 Comments

“Hoje, vimos à tribuna da Câmara para fazer esse justo registro sobre a importância das pessoas que lá atrás lutaram por conquistas, que hoje beneficia a sociedade atual. Aqui ficam o registro e o respeito pela memória de nosso amigo Raimundo Amaral”.
 
O vereador Dayan Serique (PPS), na tribuna da Câmara, na terça-feira, 23/02, registrou com pesar a morte de Raimundo Amaral, ocorrido ontem em Itaituba. Segundo Dayan, Raimundo Amaral militou por vários anos na política estudantil santarena e juntamente com outras lideranças participou das grandes conquistas em benefícios dos estudantes. Entre as conquista, o vereador lembrou-se da meia passagem nos transportes coletivos, da meia entrada nos clubes e dos ônibus que fazem o linhão universitário. “Benefícios que atualmente são consolidados como direitos dos estudantes”. Dayan disse que atualmente Raimundo Amaral estava residindo em Itaituba onde atuava na área da imprensa, como editor do jornal impresso Tribuna do Oeste. De acordo com Dayan ontem à tarde infelizmente, Raimundo Amaral sofreu uma parada cardíaca, foi reanimado, mas à noite a crise voltou, não resistiu e veio a falecer. “Hoje, vimos à tribuna da Câmara para fazer esse justo registro sobre a importância das pessoas que lá atrás lutaram por conquistas, que hoje beneficia a sociedade atual. Aqui ficam o registro e o respeito pela memória de nosso amigo Raimundo Amaral”, lamentou.  
O vereador Dayan Serique disse ainda que com a redemocratização do país, o papel do movimento estudantil foi muito importante, principalmente no momento da efervescência da democracia. “As pessoas tinham conceitualmente a democracia, mas não sabiam como vivenciá-la e o movimento estudantil foi uma escola que serviu para a formação política de muitas pessoas que hoje ocupam os cargos públicos”.
Serique disse também que muitas dessas pessoas passaram por esse movimento, que também formou lideranças, políticos e outros bons cidadãos que levaram para a vida social a experiência vivida naquela ocasião. “Hoje as pessoas já não aceitam mais imposições do governo ou dos blocos econômicos porque lá atrás tiveram uma escola chamada movimento estudantil”, lembrou,

Dayan disse ainda que hoje o movimento estudantil está mais apático, no entanto, torce para que a comunidade estudantil volte a militar e dê a sua contribuição por meio do debate como outrora o fizera para escolher seus candidatos a deputado, prefeito e vereador. “Que a comunidade estudantil volte a participar de forma efetiva e não seja mero contemplador da história, mas sejam agentes capazes de ajudar a transformar e interferir no processo político e histórico de Santarém”, concluiu. 

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.