Pular para o conteúdo principal

Compromissos dos vereadores novos em 2017


Compromissos dos vereadores novos em 2017


Os novos vereadores eleitos, num total de nove estreiam na política, com exceção do presidente Antônio Rocha (PMDB), e depois de tomarem posse reafirmaram seus compromissos perante os eleitores, destacando a área de atuação e suas bandeiras de luta.  
 Antônio Rocha (PMDB), que depois de 20 anos retorna à Câmara de Santarém, onde iniciou sua carreira política, disse que a população deve esperar muito trabalho dele. Segundo Rocha, durante a sua trajetória na vida pública construiu uma história positiva, por meio da atuação parlamentar que redundou em inúmeras obras no município de Santarém e na região Oeste do Pará, como deputado estadual. Rocha falou sobre o retorno dele como vereador e disse que em mais de duas décadas acumulou bastante experiência que será utilizada em favor Santarém, mantendo uma harmonia respeitosa com o novo prefeito com a finalidade de ajudar o povo santareno.

Tadeu Cunha (DEM), eleito vereador pela primeira vez em 2016, disse que o povo de Santarém deve esperar muita vontade de trabalhar.  Cunha disse estar focado e vai fazer de tudo para corresponder às expectativas do eleitorado que o deu a condição de vereador para 18ª legislatura. Ele disse ainda que vai trabalhar a política comunitária, uma metodologia que vem sendo praticada por seus familiares e que considera uma política que prioriza o bem comum. “A população de Santarém deve esperar muita dedicação e comprometimento do vereador Tadeu Cunha e isso vamos fazer em parceira. O nosso mandato pertence ao povo”.

Alaércio Cardoso (PRP), disse aos eleitores que confiaram o voto a ele, e podem aguardar por um vereador dedicado e que vai trabalhar pela cidade, assim como espera que os demais 21 vereadores façam o mesmo. Segundo Cardoso, a próxima legislatura será muito importante devido às mudanças políticas que estão ocorrendo e modificando o cenário nacional e os vereadores de Santarém precisam fazer o seu papel, no sentido de ajudar a construir uma cidade melhor para todos e mais segura do ponto de vista fiscal. Alaércio vem do meio empresarial e reconhece que se trata de uma área que gera emprego e imposto ao município, ao estado e ao país. “O nosso trabalho visa à geração de emprego e renda, a mola mestra que faz girar a economia do país, e por isso, o nosso trabalho também será focado nessa direção, mas sensível a outros segmentos da sociedade”.

André do Raio-X (PSDC) garantiu que será um vereador atuante. Lembrou que foi eleito pela área da saúde onde atua há muito e pretende trabalhar por Santarém para que as pessoas tenham um atendimento mais digno. “Por isso coloquei meu nome à disposição e pretendo defender a sociedade, principalmente, na área da saúde onde as pessoas têm mais dificuldades de acesso até para fazer um simples exame”. André do Raio-X é técnico em radiologia, com 13 anos de serviço prestados ao Hospital Municipal de Santarém e mais 10 anos ao Hospital Regional do Baixo Amazonas, e espera contribuir bastante com o município de Santarém, na condição de vereador, legislando na área da saúde.
Jardel Guimarães (PTN), ele que é delegado de Polícia, e tem uma atuação efetiva na área de segurança pública, disse que pode contribuir nos debates do parlamento santareno, principalmente com temas de interesses locais. Acrescentando que está disposto a colocar à disposição da Câmara Municipal, o conhecimento que tem na área da segurança pública, buscando segundo ele, o fortalecimento do Poder Legislativo, o que considera importante. Jardel admite que a violência vem crescendo em Santarém e sugere aos seus pares que a partir do amplo debate sobre o assunto, está disposto a contribuir, para que a sociedade santarena tenha mais segurança.

Alysson Pontes (PSD), ao agradecer a sociedade santarena, pela oportunidade que lhes foi dada, Alysson Pontes disse que vai encarar o seu mandato com seriedade e transparência, prometendo lutar, por todos os direitos dos cidadãos contribuintes de Santarém, que visem segundo ele, principalmente o cumprimento das cláusulas constitucionais, defendendo habitação e educação de qualidade e a redução das desigualdades sociais. Acreditando serem itens que entende devem ter a atuação maciça do parlamentar, trabalhando também, na geração de emprego e renda, para que a população possa ter vida digna. Com relação à segurança pública, disse que crê no trabalho e na boa fé das instituições que atuam nessa área em Santarém.

Maria José Maia (DEM), disse que a atividade no parlamento é, para ela, o início de uma nova atividade. Relata que há 35 anos vem atuando na área da educação, mas entende que na Câmara, a sua responsabilidade é bem maior. Relata que não pode ter como foco apenas a educação, entendendo que tem que ver aquilo que é melhor, para o cidadão santareno. Segundo ela, está estudando o regimento interno da Casa de Leis e a Lei Orgânica Municipal, e disse que pretende atuar de forma, a não ser de fato, simplesmente, mais uma na política, mas espera corresponder coma proposições que vão mostrar aquilo quem a sociedade quer que seja feito. Com relação ao Plano Decenal da Educação, já aprovado pela Câmara, disse que vai acompanhar o cumprimento de suas metas.

Jandeilson Pereira (PSDB) deixa claro, que sua campanha eleitoral, foi voltada para os pescadores, mas estará representando no Poder Legislativo Municipal toda a coletividade santarena. Ressaltando que vai continuar respeitando a sua categoria, abraçando a causa dos pescadores, fazendo ver que hoje Santarém precisa de pessoas comprometidas com a sociedade, sendo este o seu propósito. Com relação à defesa do seguro defeso, disse que vai atuar como sempre o fez, em parceria com todas as Colônias de Pescadores do Estado do Pará. Acredita ser possível continuar acompanhando em Brasília a luta em prol do defeso, a partir de uma ação das colônias de pescadores que tramita no Supremo Tribunal Federal.